“População de baixa renda não tem sido beneficiada pelos megaeventos esportivos”

Raquel Rolnik denuncia: “população de baixa renda não tem sido beneficiada pelos megaeventos esportivos”

Por Milton Bellintani

Na quarta é última parte da entrevista ao De Olho em 2014, a relatora especial das Nações Unidas para o direito à moradia adequada explica qual é a função que essa divisão da ONU desempenha.

“A relatoria fiscaliza a implementação dos acordos firmados pelos países no campo dos direitos humanos”, diz ela. “Um relator independente é nomeado para verificar se o que foi pactado está sendo feito.”

Ela adverte para o fato de que os megaeventos esportivos realizados criam um paradoxo: ao mesmo tempo em que enobrecem áreas das cidades que sediam esses jogos, contribuem para que a população de baixa renda seja removida para bairros distantes.

Para saber mais sobre o trabalho da urbanista, acesse o Blog da Raquel Rolnik.

Assista à primeira parte da entevista com a urbanista: “A Fifa é uma caixa preta”

Veja também a segunda parte da conversa com Raquel: “Mundial é oportunidade de mudar as cidades”

Cique aqui e veja o terceiro vídeo da entrevista de relatora da ONU: “É possível fazer um mundial com ética e transparência”

Clique no botão abaixo para assistir à terceira parte da entrevista com Raquel Rolnik:

Ver vídeo (vídeos disponíveis apenas em Internet Explorer)

Fonte: De olho em 2014 / Portal Terra

Anúncios
Esse post foi publicado em Vídeos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s