Atlético não comparece à reunião de Comissão da Copa

Presidente rubro-negro Marcos Malucelli diz que não deve explicações a vereadores

Gustavo Ribeiro, especial para a Gazeta do Povo

A Comissão da Copa da Câmara Municipal de Curitiba se reuniu nesta segunda-feira (25) para ouvir do Atlético as justificativas para o aumento de aproximadamente R$ 40 milhões no orçamento de ampliação da Arena da Baixada, como a Gazeta do Povo adiantou. Para surpresa dos presentes, nem o presidente do clube, Marcos Malucelli, nem o vice-presidente do Conselho Administrativo, Enio Fornea Junior, compareceram à reunião. A ausência rendeu críticas dos vereadores aos dirigentes.

“O Atlético deve explicações à sociedade. Fico frustrado pela ausência do clube, estava curioso em saber as etapas que o Atlético cumpriu. Se viesse um ofício, mas nem isso, nenhuma justificativa”, reclamou o vereador Paulo Frote (PSDB).

Malucelli alegou que os assuntos relacionados à Copa do Mundo devem ser tratados diretamente com o governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Luciano Ducci (PSB). “Não devemos explicações aos vereadores. Temos um termo de cooperação com o governo do estado e com a prefeitura”, afirmou o mandatário rubro-negro.

O presidente da comissão, Pedro Paulo (PT), estranhou a declaração do presidente atleticano, principalmente porque o clube esteve próximo da Câmara Municipal na época da aprovação do potencial construtivo, que até agora garantiria as obras na Arena. “Acho muito deselegante a afirmação dele. A Câmara, como representante da cidade, considera um menosprezo ser tratada dessa forma. Não é assim que vamos construir o projeto de realizar a Copa”, respondeu o vereador.

Com a ausência na reunião, a Comissão marcou para o dia 4 de maio uma sessão plenária para que o dirigente dê as devidas explicações para todos os vereadores. Só que se depender de Malucelli, o Atlético “dificilmente” estará presente. Se novamente não comparecer, o presidente da Comissão afirmou que vai tomar providências. “Espero que ele esteja aqui, cumprindo uma obrigação. Se não estiver, vamos tomar outras atitudes a respeito dessa falta de respeito”, promete Paulo.

Fonte: Gazeta do povo, 25/04/2011, http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/conteudo.phtml?id=1119441

Anúncios
Esse post foi publicado em Reportagens e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s