Secretário admite possibilidade de Curitiba ficar sem a Copa 2014

Declaração foi dada durante a audiência pública sobre a competição por causa da necessidade de mais aporte para a conclusão da Arena da Baixada

26/04/2011 | 22:18 | Henrique Moretti, especial para a Gazeta do Povo

Pela primeira vez o secretário estadual para os Assuntos da Copa do Mundo de 2014, Mário Celso Cunha (PSB), admitiu a possibilidade de Curitiba ficar fora da competição. A declaração surpreendeu as pessoas que acompanhavam a audiência pública sobre a competição, realizada na noite desta terça-feira (26) na administração regional Pinheirinho.

“Antes eu não acreditava, mas o risco de não ter Copa aqui é real. Por isso o meu trabalho é dobrado”, afirmou Cunha.

O problema passa pelas novas exigências da Fifa, que segundo o Atlético, aumentariam o orçamento da reforma da Arena da Baixada, inicialmente previsto em R$ 135 milhões, em mais R$ 40 milhões. O clube já declarou que não vai elevar seu investimento na reforma do estádio.

A audiência, a primeira de dez que serão realizadas nos próximos meses para que a Comissão da Copa na Câmara dos Vereadores discuta o tema com a população, corria tranquila até a declaração de Cunha. Com a agenda apertada, ele chegou ao Pinheirinho por volta das 21 horas, na parte final da reunião que havia começado duas horas antes.

Na sequência, em contato reservado com a reportagem da Gazeta do Povo, o secretário ratificou sua apreensão. “O risco existe por causa do valor, então fica um impasse”. Em público, ele disse ainda que está procurando patrocinadores na iniciativa privada e uma alternativa com o governo federal. “Confesso que é um caminho cheio de espinhos. A única opção é a Arena, se não for na Arena, não tem Copa. Esse negócio de Pinheirão, Couto Pereira é tudo mentira”.

Antes da participação de Cunha, os políticos presentes na regional do Pinheirinho já haviam criticado o Atlético, especialmente porque nenhum dos dirigentes do clube compareceu à reunião de segunda-feira (25) marcada pela Comissão da Copa na Câmara para discutir os R$ 40 milhões a mais necessários para concluir o estádio.

O mais exaltado era o vereador Julião Sobota (PSC), ligado à torcida organizada Os Fanáticos. “Eu sou atleticano e estamos muito indignados com a diretoria do Atlético, parece que a Copa não é importante [para eles]. Para ter Copa precisamos de estádio. Se o Atlético está fazendo frescura, que seja no Pinheirão ou no Couto Pereira”, afirmou Sobota, sendo aplaudido pelas cerca de 140 pessoas presentes na audiência.

Fonte: Gazeta do povo, 26/04/2011, http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/conteudo.phtml?tl=1&id=1119976&tit=Secretario-admite-possibilidade-de-Curitiba-ficar-sem-a-Copa-2014

Anúncios
Esse post foi publicado em Reportagens e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s