Campanha pede retirada, da Lei Geral da Copa, de itens que desrespeitam direitos de consumidores (as)

A Fifa quer acabar com os direitos dos torcedores-consumidores brasileiros. Segundo o Ministro do Esporte, Orlando Silva, "a Fifa solicitou que suspendêssemos o Estatuto do Idoso, o Estatuto do Torcedor e o Código de Defesa do Consumidor". Isto é inaceitável. Nenhum evento justifica o descumprimento de direitos constitucionais, afrontando as leis nacionais vigentes. 

Veja os problemas da Lei Geral da Copa:  
possível anulação da meia entrada para estudantes e idosos;
fim da proteção em caso de cancelamento, devolução e reembolso de ingressos;
cancelamentos ou alterações de horários ou assentos sem aviso prévio aos torcedores;
liberação da venda casada de ingressos em forma de pacotes, prática comercial abusiva; 
anulação do direito de arrependimento para desistência da compra do ingresso pela internet.

A Copa do Mundo é bem-vinda, mas Copa sem direitos não tem jogo! 

Temos que mostrar que a Fifa não está acima das leis brasileiras. Envie uma mensagem para a presidência da Fifa, Presidência da República, Ministério do Esporte e Ministério da Justiça!

PARTICIPE DA CAMPANHA
Anúncios
Esse post foi publicado em copa 2014, Resistências e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s