Lei da Copa não ficou como esperávamos, diz Fifa

28/06/2012 – 15h54
FILIPE COUTINHO
DE BRASÍLIA

 

2014Com a liberação das leis estaduais de meia-entrada e sem permitir o consumo de cerveja na Lei Geral da Copa, o secretário-geral da Fifa Jérôme Valcke disse nesta quinta-feira que o texto da lei não era como a entidade esperava.

De acordo com o dirigente da Fifa, a entidade agora terá de negociar com Estados e municípios, “mas isso não é o fim do mundo”.

“A lei contém coisas que não correspondem exatamente às nossas expectativas, mas pelos menos sabemos o que devemos fazer. O trabalho passa para o nível estadual e municipal, temos que discutir várias coisas, como cerveja, bilheteria, marketing de emboscada”, disse Valcke.

Leo Caldas/France Presse

Jérôme Valcke (à dir.) abraça o artista plástico Romero Brito em visita à Arena Pernambuco, terça-feiraJérôme Valcke (à dir.) abraça o artista plástico Romero Brito em visita à Arena Pernambuco, terça-feira

Ao lado do ministro Aldo Rebelo (Esporte), a quem Valcke trocou farpas após sugerir um “chute no traseiro do Brasil”, o dirigente da Fifa dessa vez foi só elogios ao governo. “Nós estamos satisfeitos com o que temos, porque pelo menos a estrutura para trabalhar. É o mais importante. Não estamos conflito com o governo no que diz a respeito da lei geral da Copa”, disse o dirigente.

Valcke também elogiou o andamento das obras e disse que, até dezembro de 2013, 80% das obras estarão concluídas.

O dirigente, entretanto, não conseguiu escapar de responder se o Brasil ainda precisa de um “chute no traseiro do Brasil”. “Que pergunta…nem posso responder. É não, ponto final. Não tenho mais nada a dizer”, disse, em tom seco.

Aldo, que já chegou a avisar a Fifa que não aceitaria Valcke como um interlocutor, também repetiu o tom paz e amor. “Considero que esta reunião deu prosseguimentos aos avanços e apontou uma maior integração entre todos os entes”, disse. “A FIFA, o COL e governo demonstraram uma capacidade de integração para antecipar problemas e soluções”, completou o ministro.

Valcke e Aldo estiveram hoje em Brasília em reunião sobre a Copa. No encontro, a Fifa anunciou que Bahia será a sede do sorteio final da Copa do Mundo, em dezembro de 2013. Além disso, a Fifa anunciou que as exibições públicas para até cinco mil pessoas, sem fins comerciais, não precisarão de autorização.

Anúncios
Esse post foi publicado em copa 2014, Reportagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s